Umas & Outras » Galo cantou, às 4 da manhã…